A editora

Minha foto
Nasci no Recife, capital de Pernambuco, um dos 26 Estados do Brasil. Sou jornalista diplomada, amante da vida e de tudo que é positivo, verdadeiro e autêntico. Deixei as águas do Capibaribe, o mais famoso rio que banha o Recife. Atravessei o Oceano Atlântico e desaguei no rio Tejo, que acalenta Lisboa. E para aproximar esses dois lugares tão distantes mas com fortes ligações históricas e culturais, dei início a construção desta "ponte" Pernambuco-Portugal.

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Lisboa nomeada para Melhor Destino Europeu do ano


Porto venceu a competição no ano passado, com “o maior número de votos” alguma vez conquistado na eleição online.
José Fernandes
 
Por José Fernandes (Público)
 
 A capital portuguesa já conquistou o galardão de Melhor Destino Europeu por duas vezes: logo na primeira edição do concurso, em 2010, e depois em 2015. Já o Porto venceu a competição pela terceira vez no ano passado, repetindo o feito de 2012 e de 2014. Agora Lisboa tem a oportunidade de igualar a cidade Invicta. A cidade é um dos 20 destinos nomeados para os European Best Destinations de 2018. A votação online arranca esta quinta-feira e mantém-se aberta até 8 de Fevereiro em www.vote.
Leia matéria completa aqui 
 

sábado, 13 de janeiro de 2018

Filme 'Reginaldo Rossi: Meu Grande Amor'

Vi hoje este filme na Globo Internacional e gostei muito. Tanta gente conhecida, colegas da televisão, da escola, da cena musical... Lembro tão bem de Rossi na TV Jornal.
"Saiba meu bem que eu te amo nas quatro estações
Parece até que eu tenho trezentos corações
E todos transbordando de amor para te dar"

Roberto Rossi, filho do Rei, surpreende com sua atuação- Divulgação

 Robson Gomes /JC
Ninguém agrada a todo mundo. Mas ele, de fato, era uma exceção. Gregos e troianos, pobres e ricos, do ignorante ao erudito, fiéis e cornos: Reginaldo Rossi foi o cantor de todas as multidões. E parte de seu legado, principalmente o seu início pouco conhecido, será celebrado hoje à noite, na Globo Nordeste, logo após o Fantástico, com o filme Reginaldo Rossi: Meu Grande Amor.
Leia matéria completa aqui.

'Como Será?' lança série sobre brasileiros em Portugal


 
Foto: divulgação  Globo Internacional


O ‘Como Será?’ abre o novo ano com estreias. O programa exibe o primeiro episódio da série ‘Portugal pelos Brasileiros’, que conta histórias de gente que deixou o Brasil e está se dando bem na ‘terrinha’. Caso do Eduardo Ice Drinks, que vive em Sintra com a família. Ele e a mulher levaram um sucesso do verão carioca para Portugal: o sacolé. Eduardo fala dos desafios enfrentados como imigrante e empreendedor, da necessidade de reinvenção ao mudar para outro país e de questões práticas como o visto e custo de vida. Com cinco episódios, ‘Portugal pelos Brasileiros’ tem narração de Alexandre Henderson. 

sábado, 8 de outubro de 2016

Porto Alegre é a primeira cidade do Brasil a receber a produção portuguesa "O SITIO DA AMIZADE"


Porto Alegre é a primeira cidade do Brasil a receber a produção portuguesa "O SITIO DA AMIZADE" - fábula sinfônica onde as personagens são animais representados por instrumentos da orquestra. A mensagem de solidariedade implícita incide no direito à diferença. Com música de Jorge Salgueiro e com um poema de João Aguiar, a Canção da Amizade tornou-se um clássico, sendo já das canções mais conhecidas e reproduzidas no universo escolar em Portugal. Nesta sua primeira visita ao Brasil, Jorge Salgueiro vem especialmente atender o convite do maestro Manfredo Schmiedt, regente da Orquestra Sinfônica da Universidade de Caxias do Sul.

O SITIO DA AMIZADE
Dia 12/10  no Theatro São Pedro - 11h  Porto Alegre
Ingressos: compreingressos.com/teatros/285-theatro-sao-pedro

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Outro Sertão

Nesta terça-feira,04, será exibido o filme "Outro Sertão" no auditório da Embaixada do Brasil em Lisboa, na Estrada da Laranjeiras, 144, às 18h00.A exibição contará com a participação da diretora, roteirista e realizadora Adriana Jacobsen.
Entrada gratuita.

domingo, 2 de outubro de 2016

Lisboa também tem tapioca, sim senhor!!!


Eu ADORO tapioca mas aqui em Portugal era difícil de encontrar um lugar para saborear essa iguaria. Agora já temos deliciosas tapiocas na capital lisboeta. As empreendedoras Dalva Lucena (paraibana) e Viviane Souza (pernambucana) se uniram para resolver esse problema e criaram a Senhora Tapioca com várias opções de recheios,  doces e salgados, que lembram a cada mordida as tapioqueiras de Olinda. Onde?  Todos os domingos na Casa do Brasil de Lisboa, rua Luz Soriano, 42, Bairro Alto. Programa perfeito para as tardes do outono, inverno,primavera e verão.

https://www.facebook.com/Senhora-Tapioca

sábado, 1 de outubro de 2016

Muitas águas vão rolar por esta ponte

Recife, meu berço

Depois de um ano de sete meses  sem colocar nenhum "tijolinho" na construção desta ponte Do Capibaribe ao Tejo, decido voltar a esta "obra"por vários motivos e atendendo a tantos pedidos para recomeçar. Há tantas coisas que ligam Lisboa a Recife, o Tejo ao Capibaribe. Não dava para abandonar esse projeto de amor a essas duas cidades.
Recomeço hoje porque estou feliz, com tempo e empolgada e porque já estava com saudade de vocês, meus leitores e parceiros. O blog segue na mesma linha: sem nada definido, sem nada estabelecido. Um pouco intimista, outro pouco informativo. Um pouco de mim, outro pouco do que vejo, sinto e gosto.Um pouco do muito que quero dividir com vocês.
Para celebrar a rentrée, escolho esta bela fotografia do Recife, meu berço.
Rua da Aurora e o rio Capibaribe num belo registro do meu amigo de infância Flavio Barbosa da Silva

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Conversas no Brasil

21 fev. | Conversas no Brasil
“Insonho: durma Bem – redescobrir o fantástico no folclore entre Portugal e o Brasil”

“O folclore português é nostálgico. É fado e saudade. Saudade das tardes sentados, no chão da sala, a ouvir o avô contar sobre o lobisomem. É medo e respeito. Como naquelas noites em que nos deitávamos e pensávamos no Insonho ou na Mula sem Cabeça. Falar sobre o folclore português é viajar pelo interior de Portugal e encontrar as lendas que cheiram a infância e se perderam na pressa de crescer”.
A antologia “Insonho – Durma bem!” pretende resgatar essas memórias; trazer ao leitor a inquietude de ser criança, outra vez, e temer as histórias destes seres tristes ou maléficos. Aqui reúnem-se as Mouras Encantadas, o Saca-Unhas, o Adamastor, o Carago, o Bicho Papão e outros numa coletânea que promete embalá-lo num sonho fantástico e cheio de magia.
Horário: 16h00
Local: Casa Pedro Álvares Cabral | Casa do Brasil

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Geraldinho Lins encabeça festival na Europa

Reconhecimento veio após passagem bem sucedida pela Europa, ano passado


Da coluna Persona desta quinta-feira (29):

Geraldinho Lins será padrinho da 3ª edição do festival Psiu! Forro Fest, em Berlim. Em 2014, o cantor realizou pela Europa, passando por Portugal, Alemanha, Inglaterra e França, que, pelo visto, rendeu bons frutos
Reconhecimento veio após passagem bem sucedida pela Europa, ano passado 

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Artista faz rosto gigante de professora em prédio do Recife


Por Rebeca Silva - Diario de Pernambuco



Crédito: Guilherme Verissimo/Esp DP/DA Press
Crédito: Guilherme Verissimo/Esp DP/DA Press   

A imagem do rosto de uma professora da aldeia Araçaí, em Piraquara, no Paraná, que desenvolve um trabalho de educação com crianças indígenas, está gravada no edífício São Jorge, no bairro de Santo Antônio. Cravado no comércio do Cais de Santa Rita e na frente no Rio Capibaribe, a escultura traz uma parte das comunidades humanas para dentro do universo urbano do Centro do Recife. Como uma forma de dar voz a elas.

É assim que trabalha o artista português Alexandre Farto, conhecido como Vhils. A técnica utilizada por ele nas artes, que buscam o "invisível" em meio ao caos das cidades, também foge aos tradicionalismos. A pespectiva e o sombreamento são trabalhados por meio de escavações milimetricamente calculadas na parede e se misturam à pintura stencil. "Primeiro fazemos a marcação com tinta e depois pintamos a parede. Nas áreas intermediárias fazemos intervenções (como corte ou alto relevo) e a gente joga o negro. Desse jeito vamos criando a escultura", afirmou.

Farto veio à capital pernambucana para trazer a exposição Incisão. As obras mostram 54 portas de madeira que receberam, a partir de técnicas de desbaste, corte e subtração, elementos indigenas e retratos de crianças guaranis, com quem Farto conviveu por algum tempo. Quatro delas foram produzidas por integrantes da aldeia. A ideia da exposição é projetar uma cidade formada por várias camadas, com leituras e noções diferentes, mas que compõem a construção da identidade do lugar e expressam a relação de mutualidade entre meio, caos urbano, e ser humano.

A mostra Incisão abre na próxima sexta-feira e fica até o dia 25 de janeiro, no Caixa Cultural. A entrada é franca. Os trabalhos de Farto já circularam por Curitiba, Rio de Janeiro e outros países, como Portugal e China. No Recife, a escultura começou na noite da última terça-feira (18) e deve ser concluída nesta quinta-feira (20). A imagem ocupa toda a parte lateral do edíficio São Jorge, localizado na Travessa do Arsenal de Guerra e dá visão privilegiada a quem passa na Avenida Martins de Barros.

O artista começou no mundo artístico em 2000, com o grafite. Quatro anos depois criava obras com as técnicas do stencil. Seus conceitos como  comunidade, identidade, urbanismo, consumismo e globalização, tiveram influência principalmente da área industrial onde cresceu, no distrito de Setúbal, na região de Lisboa, e da revolução demócratica portuguesa, nos anos 1970.

Serviço:

22 de novembro a 25 de janeiro

Terça a sábado, das 12h às 20h e domingos e feriados, das 10h às 17h. Entrada franca. A Caixa Cultural Recife  fica na Avenida Alfredo Lisboa, 505, Bairro do Recife.

Veja outros trabalhos do autor:
Crédito: Reprodução do Facebook
Crédito: Reprodução do Facebook

Crédito: Reprodução do Facebook
Crédito: Reprodução do Facebook

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Portugal » Orquestra Cidadã vai se apresentar no Vaticano e também no Palácio de São Bento

Depois de se apresentar para o papa Francisco, no próximo dia 31, no Vaticano, a Orquestra Criança Cidadã fará concerto no Palácio de São Bento, em Lisboa, no dia 4 de novembro, com a presença do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho. A apresentação foi confirmada nessa quarta-feira (15), por Armênio Dias, um dos patronos da ida da orquestra à Europa. Nesta quinta (16), o grupo vai se apresentar na Caixa Cultural.

Cerca de 50 crianças e adolescentes vão participar das apresentações. No Vaticano, sede da Igreja Católica, os instrumentistas misturarão o clássico com o regional. A expectativa é que uma música brasileira também esteja no repertório. As demais envolvem criações de Mozart, Hummel e outros. A apresentação faz parte de uma conferência internacional promovida pela Catholic Fraternity (Fraternidade Católica) e que acontece de 30 de outubro a 2 de novembro. A orquestra foi convidada pela Associação Privada de Direito Pontíficio por ter um trabalho social modelo no estado.

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Orquestra Barroca do Amazonas faz concertos em Portugal


A AOrquestra Barroca do Amazonas está em Portugal para três concertos com a participação de Armando Possante, barítono portuguẽs: 
- Palácio Nacional de Queluz - 12/10
- Conservatório Nacional - 15/10
- Igreja do Menino Deus - Lisboa - 19/10‏ 
 
 
 

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Globo Premium transmite ao vivo debate entre candidatos presidenciais



A Globo Premium transmite esta sexta-feira, dia 3 de outubro, a partir das 2h50, o debate entre os candidatos à Presidência da República do Brasil. Moderado pelo jornalista William Bonner, o debate terá a participação dos sete candidatos de partidos com representação na Câmara dos Deputados: Aécio Neves (PSDB), Dilma Rousseff (PT), Eduardo Jorge (PV), Levy Fidelix (PRTB), Luciana Genro (PSOL), Marina Silva (PSB) e Pastor Everaldo (PSC).

O debate terá cinco blocos, quatro de discussão entre os candidatos e o último para considerações finais. O primeiro e o terceiro serão de temas livres escolhidos pelo candidato que faz a pergunta; o segundo e o quarto, de temas determinados por sorteio feito pelo moderador no momento do debate. Pela dinâmica, serão 30 segundos para formulação da pergunta, um minuto e 30 segundos para a resposta, 40 segundos para réplica e 40 segundos para resposta à réplica.

O debate entre candidatos à Presidência da República será transmitido em direto na Globo Premium a partir das 2h50 e que visa informar os brasileiros residentes Portugal que estão prestes a ser chamados às urnas para decidir qual é o próximo Presidente da República do Brasil.


segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Lançamento do livro Teia de cordeis


LIVRO REGISTRA EXPOSIÇÃO DE CORDÉIS PORTUGUESES E BRASILEIROS
 
Editado por Maria Alice Amorim, acaba de ser publicado o livro-catálogo Teia de Cordéis que registra a exposição homônima, realizada no Museu de Arte Popular do Recife (MAP), entre março de 2011 e maio de 2012, desdobrada em duas expografias: Cordéis Portugueses/Coleção Arnaldo Saraiva e Cordéis Brasileiros/Coleção Maria Alice Amorim, sob a curadoria de ambos os colecionadores no tocante à exibição dos portugueses e somente sob a de Maria Alice Amorim quanto aos brasileiros. O livro conta com textos dos dois pesquisadores e colecionadores que cederam o acervo para a exposição. A publicação do catálogo é relevante por inventariar uma rara e pioneira mostra de mais de quinhentos exemplares de literatura de cordel de Portugal e do Brasil.

Contendo belas reproduções de capas de folhetos portugueses e brasileiros, o catálogo trata, pois, do registro dessa atividade museológica que, na primeira parte, se caracterizou por ter sido pioneira, em território nacional, quanto ao expressivo volume de literatura de cordel portuguesa aqui jamais antes exibido numa mesma ocasião e espaço, abarcando raras edições do período histórico em que foi prolífica a produção editorial de cordéis lusos: os séculos XVII, XVIII, XIX e XX, e mostrando inclusive um cordel português de 1602, então o mais antigo da coleção de Arnaldo Saraiva.

O livro deixa, ainda, registrado o conjunto dos folhetos brasileiros que foram exibidos na sequência à exposição portuguesa, e que abarcavam tanto a produção contemporânea de cordel, quanto a produção histórica de vigorosa expressão da cultura brasileira, de modo evidente relacionada a poéticas tradicionais procedentes da cultura portuguesa.

HISTÓRIA - Pelo que está registrado no catálogo, em referência aos dois momentos da exposição, percebe-se claramente, não apenas um repertório nordestino e nacional, construído por autores do Brasil, como também a presença de temas tradicionais que já circulavam entre as recorrências da narrativa popular portuguesa medieval, a exemplo do que Luís da Câmara Cascudo registra em Cinco Livros do Povo, ou seja, as narrativas referentes à Donzela Teodora, Princesa Magalona e Imperatriz Porcina, a Roberto do Diabo e João de Calais, todas elas contempladas nas vitrines do MAP, em variadas edições, de distintos séculos, quer portuguesas, quer brasileiras. Foram exibidos, ainda, folhetos que tratavam do heróico, do satírico, do religioso, das histórias de trancoso, contos pastoris, novelas de cavalaria, persistências temáticas que compõem significativa parcela de riquíssimo patrimônio cultural brasileiro.
 
Serviço: 
Lançamento do livro Teia de Cordeis

Quarta-feira, 24 de setembro às 19h

Gabinete Português de Leitura - Pernambuco
Rua Imperador Dom Pedro II, 290, Santo Antônio, 50010-240 - Recife